Com apoio do Governo do Tocantins, assistentes de produtores rurais recebem curso de manejo da irrigação e tratamento de dados para o uso sustentável dos recursos hídricos

Técnicas de tratamento dos dados e avaliação da distribuição de água em equipamentos de irrigação e demais atividades produtivas foram ministradas para incentivar o uso racional da água e preservação desse recurso natural.

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) em parceria com a Embrapa – Pesca e Aquicultura e apoio do Governo do Tocantins, ministrou nesta quinta-feira, 27, o curso de tratamento de dados e manejo da irrigação, no terceiro dia da capacitação ‘Irrigação ABC TO/Pastagem’, promovido pela Embrapa.

O curso tem o objetivo de capacitar os profissionais que prestam assistência aos produtores rurais na região de Taquaruçu, em Palmas, para realização correta do manejo da irrigação em pastagem, escolha do melhor momento para irrigação e controle da quantidade adequada de água a ser aplicada.

Durante o treinamento, os participantes receberam conhecimentos práticos e teóricos para Tratamento dos dados Coletados ministrado pelo engenheiro Agrônomo da Diretoria de Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos da Semarh, Alexandre Barreto; e para Teste de Uniformidade de Irrigação, Análise Crítica dos Resultados e Recomendação de Manejo e Irrigação, ministrados pelo pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, na área de irrigação e drenagem, Deivison Santos, com atividades de campo na fazenda Buritizal e palestras no auditório local.

O diretor de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos da Semarh, Aldo Azevedo, destacou que, “a parceria da Semarh com a Embrapa nesse treinamento, que tem foco na gestão adequada dos recursos hídricos e produção sustentável é uma iniciativa importante de apoio e orientação aos técnicos que atuam lá na ponta dando assistência ao produtor rural e aplicando no dia a dia os conhecimentos que podem contribuir com o manejo apropriado desse recurso natural, essencial ao meio ambiente e ao agronegócio”.

O engenheiro Agrônomo, Alexandre Barreto, ressaltou a relevância do curso para incentivar a preservação dos recursos hídricos e o desempenho de atividades agrícolas sustentáveis, considerando que, “a iniciativa busca promover a conscientização sobre a importância da gestão correta da água nas atividades agropecuárias, pois a irrigação é a atividade que mais consome água entre todas as atividades produtivas, o treinamento contribui para o uso mais racional da água, ajudando a preservar este recurso natural, que é indispensável para todos nós”.

O pesquisador da Embrapa, Deivison Santos, enfatizou os detalhes técnicos para aplicação do teste de uniformidade de irrigação na atividade prática em campo. Em seguida, ressaltou a importância da análise crítica dos resultados e  listou as recomendações de manejo e irrigação durante a palestra ministrada no auditório aos assistentes de produtores rurais, salientando que, “esses instrumentos permitem não só o gerenciamento da quantidade de distribuição dos recursos hídricos, mas também da escolha do melhor momento para realizar a captação da água direcionada aos equipamentos de irrigação”.

 

O chefe da Divisão de Desenvolvimento Rural da Superintendência de Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins (SFA/TO), engenheiro agrônomo Antônio Humberto Simão, que também ministrou um dos treinamentos da programação do curso, acompanhou a capacitação ministrada no último dia da capacitação técnica.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.