Julho Verde, SES-TO alerta sobre câncer de cabeça e pescoço

O SUS tocantinense dispõe de equipe qualificada e multidisciplinar para a assistência aos doentes com a referida doença.

O Julho Verde é o mês de conscientização de câncer de Cabeça Pescoço e a  Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) aproveita para chamar atenção da sociedade sobre a importância de se fazer a prevenção e ficar atento aos sinais de alerta da doença. Só em 2023, no Hospital Geral de Palmas (HGP), foram realizados 3.297 atendimentos entre consultas, cirurgias e procedimentos relacionados ao problema. De janeiro a junho, o número chega a 1.629.

“Descobri o câncer em 2002, fiz várias sessões de radioterapia e quimioterapia. Hoje faço acompanhamento com profissionais do bucomaxilo, fonoaudiologia e fisioterapeuta e médico. Hoje estou mais feliz”, contou a paciente Deusdete Trindade que realiza tratamento no HGP, referência no Tocantins no tratamento do câncer de cabeça e pescoço.

“Nosso objetivo é alertar a população sobre sinais e sintomas para diagnóstico precoce, como lesões de pele que não cicatrizam, lesões e férias na boca, rouquidão persistente ou nódulos no pescoço. Alerta sobre a prevenção de doenças eliminando os fatores de risco que são tabagismo e etilismo. Adultos jovens podem ter câncer de garganta em decorrência do HPV. O intuito é sensibilizar a todos sobre prevenção e diagnóstico precoce, pois com tratamento podemos ter a cura da doença” , explicou a médica responsável pelo serviço de Cabeça e Pescoço do HGP, Rayla Souza.

A fisioterapeuta do serviço de Reconstrução de Crânio Facial do HGP, Talita Brunes, destacou sobre a fisioterapia oncológica dos pacientes da especialidade. “Desenvolvemos um trabalho voltado a auxiliar o paciente a restaurar a integridade cinética e funcional do usuário, como também dar suporte nas alterações causadas durante o tratamento do câncer, pode gerar dificuldade de déficit de higiene bucal, dificuldade de fala, alimentação, perda de peso”.

 

Referência

O local dispõe de uma equipe qualificada e multidisciplinar de assistência aos doentes com câncer de cabeça e pescoço, que inclui assistência médica, fisioterapia, fonoaudiologia e psicologia que fazem a diferença para os usuários do SUS.

Os tipos de cirurgias mais realizadas são tireoidectomia total, esvaziamento cervical, ressecção de câncer de pele, ressecção de tumor de boca e laringectomia.

 

Sobre tumores

As lesões e os tumores deste tipo de câncer são acometidos em diversas áreas, entre elas: lábios, cavidade oral (mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua e assoalho), nasofaringe, orofaringe (amígdalas, palato mole e base de língua), hipofaringe, fossas nasais, laringe, cavidade nasal, seios paranasais, glândulas salivares e glândula tireóide, responsáveis pelas funções de fala, deglutição, respiração, paladar e olfato.

 

Prevenção

Para evitar a doença é necessário manter a higiene bucal em dia, os pacientes expostos aos fatores de risco devem buscar o acompanhamento regular com um cirurgião especialista. Hábitos saudáveis como abandono do cigarro, evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, ter uma alimentação saudável, uso do protetor solar e check-up através de ultrassom na tireoide podem evitar a maioria dos cânceres de boca, faringe e laringe.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.