Os preços de carros elétricos e híbridos usados estão despencando, porque?

As vendas de carros elétricos e híbridos zero-quilômetro dispararam em 2024 no mercado brasileiro, impulsionadas pelos preços competitivos de montadoras chinesas.

Se você está pensando em comprar um automóvel novo com esse tipo de propulsão, é bom saber que, provavelmente, terá dificuldades na hora de revendê-lo.

Conforme estudo inédito da plataforma de compra e venda de veículos InstaCarro, elétricos e híbridos usados e seminovos têm ofertas até 16% menores que carros à combustão e até 30% abaixo da Tabela Fipe.

De acordo com este levantamento, em 2024, o Toyota Prius 2018 é anunciado, em média, por apenas 69,5% do valor da Fipe. Em contraste, o Hyundai HB20 2022 alcança ofertas médias de 86% do preço de mercado.

 

Por que tanta desvalorização?

Essa diferença nas ofertas pode parecer surpreendente, mas reflete as incertezas que ainda cercam os veículos elétricos e híbridos. A preocupação com a durabilidade e o custo de manutenção do sistema elétrico é um dos principais fatores que influenciam essa desvalorização.

Afinal, a substituição de componentes como a bateria de um veículo elétrico pode representar um investimento significativo. Além disso, a falta de infraestrutura de suporte e a escassez de informações claras sobre a vida útil desses sistemas contribuem para a hesitação dos consumidores e lojistas.

Essa desconfiança é o motivo alegado pelo empresário José Eduardo Affonso para não trocar seu Caoa Chery Tiggo 5 por um modelo eletrificado.

Affonso diz que não tem nada contra os híbridos, pois já teve um Ford Fusion Hybrid 2014 – porém, vê com certo ceticismo a viabilidade de um carro elétrico puro.

“Já considerei a aquisição de um elétrico usado, mas não me convenci. O que mais preocupa é a revenda. Se for para perder muito mais dinheiro do que os carros a combustão, então não vale a pena”.

 

Eletrificados de 2ª mão têm preços tentadores

Em concessionárias multimarcas, como a Carrera, por exemplo, dá para encontrar anúncios com preços bastante tentadores.

Lá, na ultima sexta-feira (28/6), estavam disponíveis oito veículos híbridos e elétricos das marcas GWM, BYD, Nissan, Toyota e JAC Motors. Do total, sete estavam com valor de revenda abaixo da Fipe.

Já no site OLX, encontramos 960 veículos elétricos e híbridos fabricados entre 2022 e 2024, dos quais muitos tinham pedidas até R$ 13 mil abaixo do preço de mercado.

Luca Cafici, CEO da InstaCarro, compara a compra de um carro elétrico ou híbrido usado à aquisição de um celular de segunda mão sem saber o estado da respectiva bateria.

“É difícil identificar, sem equipamentos específicos, como está o estado geral do sistema elétrico dos carros elétricos e híbridos”, explica Cafici.

Isso tudo, atrelado ao alto custo para uma possível substituição ou reparo, faz com que esse tipo de carro não tenha a mesma performance de vendas se comparado aos modelos flex, afirma o especialista.

No entanto, essa percepção de risco pode não corresponder à realidade. Segundo Cafici, é possível encontrar carros eletrificados em excelente estado, a despeito das preocupações de muitas pessoas.

Automóveis elétricos e híbridos representam um avanço importante na direção de um mundo mais limpo e eficiente. Porem, para que eles alcancem seu potencial pleno em termos de revenda é necessário um amadurecimento do mercado de usados e seminovos para dissipar dúvidas e eventuais preconceitos de potenciais consumidores.

Também é necessário um avanço em termos de infraestrutura de recarga, algo que, naturalmente, vai acontecer durante os próximos anos.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.