Procon Tocantins encontra variação de até 178% nos preços dos itens da cesta básica em estabelecimentos de Palmas

Incluiu 45 itens em 06 supermercados e 04 atacados da cidade.

 

O Procon Tocantins realizou uma pesquisa de preços com o objetivo de identificar a variação nos valores dos itens da cesta básica em diferentes estabelecimentos comerciais de Palmas. A pesquisa, conduzida nesta quarta-feira (13), incluiu 45 itens em 06 supermercados e 04 atacados da cidade. Os resultados mostraram uma variação de preços de até 178,44%, abrangendo produtos de alimentação, hortifrutigranjeiros, higiene e limpeza.

A pesquisa tem como objetivo informar os consumidores sobre as variações nos valores dos itens da cesta básica em diferentes estabelecimentos comerciais de Palmas. 

O Procon Tocantins ressalta que a pesquisa não leva em consideração a marca dos produtos, apenas o menor preço encontrado nas prateleiras. “Orientamos os consumidores a pesquisarem os preços antes de realizar suas compras, pois essa diferença de um estabelecimento para outro pode ser significativa”, explica o superintendente do Procon Tocantins, Rafael Parente.

Pesquisa: 

O produto com a maior variação encontrado, foi o extrato de tomate de 340g, que chegou a variar de R$ 2,69 a R$ 7,49, uma diferença de 178,44%. O biscoito de maisena de 400g também apresentou uma variação, de 150,50%, com preços entre R$ 2,99 e R$ 7,49. 

Já nos produtos de higiene e limpeza, a maior variação ficou para o papel higiênico com 4 unidades, que teve uma variação de 150,42%, sendo vendido entre R$ 3,59 e R$ 8,99. Entre os hortifrútis, o tomate foi o item com a maior variação, de 75,09%, com preços entre R$ 7,99 e R$ 13,99 o quilo.

No caso do arroz, um dos alimentos mais consumidos, a variação encontrada foi de 20,01% no pacote de 5kg do tipo 1, com preços entre R$ 24,99 e R$ 29,99. 

Para consultar a pesquisa completa, acesse o link.

“Recomendamos que os consumidores comparem os preços e denuncie qualquer irregularidade que encontrarem, pois, nosso objetivo é garantir um mercado justo e equilibrado para todos”, explica o diretor de fiscalização do Procon Tocantins, Magno Silva. 

Denuncie 
Os consumidores podem denunciar por meio do WhatsApp (63) 99216-6840 ou pelo Disque 151.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.