SES-TO abre inscrições para o Seminário Saúde Mental e Trabalho na Saúde Pública

Os interessados podem realizar a inscrição até o dia 20 de junho.

Para discutir o trabalho na saúde em suas relações, carga de trabalho e impactos ocasionados na mente dos trabalhadores da saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) promove no dia 20 de junho, o Seminário de Saúde Mental e Trabalho na Saúde Pública. O evento será realizado no auditório do Palácio Araguaia José Wilson Siqueira Campos e podem se inscrever trabalhadores e acadêmicos da área da saúde e comunidade em geral interessada na temática.

Os interessados podem realizar a inscrição até o dia 20 de junho por meio do link [https://sites.uft.edu.br/plataformaevento/seminario-de-saude-mental-e-trabalho ].

Segundo a psicóloga clínica e sanitarista da SES-TO, Cristina Vasconcelos, “a programação do seminário destaca a área da gestão e organização do trabalho e saúde dos trabalhadores como essenciais para a mudança de práticas adoecedoras dentro das nossas organizações. Iniciaremos com a apresentação dos dados do Observatório da Força de Trabalho e do Diagnóstico de Humanização com intuito de estimular a gestão baseada em evidências”.

A profissional acrescentou que “em seguida, abordaremos o trabalho na saúde, suas relações e organização, assim como refletiremos sobre a carga de trabalho e os desafios para gestão em saúde e qual o nosso papel enquanto gestores-trabalhadores na prevenção do adoecimento no trabalho. Sem dúvidas, é uma oportunidade para dialogarmos com especialistas e levarmos para o nosso território a experiência de cada um. O seminário é apenas o início”.

Sobre o seminário

O seminário faz parte da programação inaugural do Curso sobre Saúde Mental e Trabalho na Saúde Pública, voltado para gestores da SES-TO, que está sendo operacionalizado pela Diretoria de Regulação, Monitoramento e Avaliação do Trabalho na Saúde e ocorrerá ao longo do próximo semestre. A turma do curso capacitará 60 discentes das unidades estaduais e tem previsão de finalização em novembro de 2024.

A iniciativa reconhece as Políticas de Humanização do SUS, Saúde do Trabalhador e a Gestão do Trabalho na Saúde como norteadoras do trabalho em saúde ao abordar estratégias que promovam a valorização do trabalho em saúde e do trabalhador do SUS, na perspectiva da melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores da saúde, estimulando o desenvolvimento de competências para o trabalho em grupo e liderança, empatia e respeito às diferenças, além de propor a construção de projetos de intervenção para a atenção integral à saúde mental do trabalhador do SUS.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.