Visando a geração de emprego e renda, CDE aprova incentivos fiscais para empresas que devem gerar mais de 600 empregos

Os benefícios foram aprovados pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE-TO), em sua 127°reunião ordinária.
O Conselho de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE-TO) realizou. Nesta terça-feira (26), sua 127° reunião ordinária para deliberar e aprovar a concessão de incentivo fiscal para oito empresas que buscam investir no Tocantins. Além disso, os conselheiros também analisaram dois projetos que pleiteiam recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE-TO).
Foram aprovadas a concessão dos benefícios para seis empresas na modalidade de expansão e duas para implantação. Juntas, as empresas devem gerar 677 novos postos de trabalho. O CDE também aprovou com ressalvas a solicitação de aporte de recursos do FDE-TO para o fomento do projeto de revitalização do abatedouro de aves de Crixás, Aliança do Tocantins e microrregião, no valor de R$ 599,039,13.
O projeto será executado pela Associação dos Pequenos Agricultores do Vale Santa Tereza PA-Arlindo, de Crixás. No entanto, para que o recurso seja liberado, a Associação deverá solucionar os apontamentos feitos pelos conselheiros. Somente então o projeto retorna ao Conselho para que seja votado novamente.
Outro projeto beneficiado foi o de realização da Feira de Negócios e Tecnologia do Vale do Araguaia (Feneva-Tec 2024) que será realizada pela Associação Comercial, Industrial, Agronegócios e Serviços de Paraíso do Tocantins (Acip). Nesse caso, o Governo do Tocantins, por meio do FDE-TO vai oferecer a estrutura para realização do evento. O recurso financeiro no valor de R$ 8 milhões para realização de feiras em todo o estado já foi aprovado anteriormente na 125ª reunião ordinária, realizada no dia 22 de janeiro.
Para o Conselheiro Maurício Fregonesi, o CDE tem demonstrado cada vez mais a importância de sua existência e atuação. “É um órgão que delibera e que apoia, incentiva, ajuda e contribui para o desenvolvimento e para a melhoria do Tocantins”
O Conselheiro Fabiano do Vale destaca a importância do CDE na relação entre o Governo e as empresas para o desenvolvimento econômico do Estado. O Governador Wanderlei e o secretário Carlos Humberto têm nos atendido e, de fato, ouvido o que estamos falando. Para nós, é muito prazeroso poder contribuir e ver que as nossas opiniões estão sendo colocadas em prática”, diz.
O presidente do CDE-TO, Carlos Humberto Lima ressalta a importância do Conselho para o desenvolvimento econômico.
“Possuímos um Conselho muito estratégico e, como sempre, nossas reuniões são muito ricas e proveitosas para o processo de desenvolvimento do Estado. Encerramos 2023, com bons resultados e estamos trabalhando para que esse ano continue nessa tendência de crescimento. Seguiremos avançando com o desenvolvimento econômico do Tocantins, descentralizando a economia para um Estado com mais empregos e renda para toda a população”, finaliza o secretário.

Não perca nenhuma notícia importante. Assine nossa newsletter.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Últimas notícias

Recomendações

Patrocinado

plugins premium WordPress

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você está ciente dessa funcionalidade. Consulte nossa Política de Privacidade.